Home » » Modelo de ambiente orientado a serviços MPEG-7

Modelo de ambiente orientado a serviços MPEG-7

Com o aumento do uso de conteúdo multimídia pela internet, criou-se a necessidade de padrões que as descrevessem de forma a facilitar sua pesquisa e acesso. MPEG- 7, também conhecido como Interface de Descrição de Conteúdo Multimídia, possui capacidade de descrever conteúdo multimídia. 


Existe uma grande quantidade de estudos relacionados a este padrão, mas a maioria se foca em um problema particular de extração, pesquisa, anotação ou consumo. Este trabalho apresenta um modelo de ambiente orientado a serviços, com objetivo de integrar os diferentes tipos de necessidade inerentes a aplicações MPEG-7. 

O modelo de ambiente orientado a serviços é composto por três camadas, base de descritores, serviços e diretório de serviços. A base de descritores é responsável por armazenar as descrições no formato MPEG-7. 

A camada de serviços é encarregada de oferecer meios para pesquisa, criação, manutenção e transformação de descrições MPEG-7. E o diretório de serviços deve registrar e disponibilizar uma forma para que as aplicações possam encontrar os serviços do modelo.Com o auxílio da composição dos serviços do ambiente, é possível criar as mais variadas aplicações multimídia que fazem uso do padrão MPEG-7. 

Além disso, como o ambiente é disposto através de uma arquitetura orientada a serviços fica fácil a adição e aquisição de serviços no ambiente, como também a criação de novas funcionalidades no modelo. Acessar conteúdo em PDF: Clique AQUI!
BlogdoJSilva. Tecnologia do Blogger.