Home » » Sons que afetam nosso cérebro

Sons que afetam nosso cérebro

Um estudo publicado no Journal of Neuroscience e elaborado por cientistas da Universidade de Newcastle buscou revelar alguns detalhes sobre a região do cérebro que processa o som, o córtex auditivo.

O processamento de emoções negativas quando ouvimos certos tipos de sons ocorrem nesta região chamada de córtex auditivo.

Uma análise das características acústicas dos sons produzidos em frequências que vão de 2.000 a 5.000 Hz sugerem que nestas freqüências os sons podem estimular emoções desagradáveis. Neste sentido, é possível através do som influenciar as sensações e sentimentos.

Isso não é novidade, em alguns filmes são misturados sons que jogados sobre uma determinada cena potencializam as sensações. O curioso é nível de reação que cada som pode produzir.

Segundo os pesquisadores um dos sons mais irritante é o de um metal raspando em vidro ou aquele som do giz raspando no quadro negro. 

Uma melhor compreensão da reação do cérebro ao ruído pode ajudar na identificação de condições médicas que são influenciadas pelos sons. Enxaquecas e alguns distúrbios emocionais podem estar associados aos ruídos dependendo de como o cérebro reage diante deles. Uma compreensão detalhada destes efeitos poderia fornecer conteúdo para novos tratamentos e diagnósticos.

Fonte: NCL
BlogdoJSilva. Tecnologia do Blogger.