Home » » Comprei um milhão de dados pessoais de usuários do Facebook

Comprei um milhão de dados pessoais de usuários do Facebook

“Acabei de comprar mais de um milhão de dados vindos do Facebook por apenas cinco dólares” afirmou um ativista sobre proteção de dados que usa o apelido Shopov.

Segundo Shopov, ele comprou por cinco dólares a lista de uma pessoa que anunciou conforme abaixo:

“A informação dessa lista foi coletada através de nossos aplicativos do Facebook e consiste apenas de usuários ativos do Facebook, a maioria de os EUA, Canadá, Reino Unido e Europa. Há usuários de outros países também, mas eles são quase exclusivamente fala Inglês também, como todos os aplicativos que prestamos são escritos em Inglês e usá-los corretamente é preciso ler as instruções. A lista é verificada e validada, uma vez por mês para que você não vai obter uma lista completa de endereços inválidos ou duplicados. Se você está oferecendo um meio do Facebook, Twitter, sociais ou de outra forma relacionados com um produto ou serviço geral, esta lista tem um grande potencial para você. Finalmente, a lista é em uma fração de formato fechado excel em 12 folhas, cada folha contendo cerca de 100.000 endereços de e-mail com nome, sobrenome e informações de perfil facebook separados com vírgula.” Texto traduzido via google.

O objetivo do ativista é mostrar que nossos dados estão expostos e que na internet é aconselhável muita prudência na hora de registrar alguma coisa. É aconselhável evitar adicionar dados de endereços e demais informações particulares.

A proteção de dados em redes sociais é difícil em certos aspectos, em especial se aquele que coleta seus dados faz parte de sua rede de contatos. Existem diversos aplicativos que buscam coletar os dados através das postagens que são públicas. Como é o caso do aplicativo para localizar mulheres que pode ser lido Aqui no blog.

A tecnologia se torna cada vez mais complexa e de exposição dos usuários. Algumas máquinas fotográficas registram ocultamente na imagem a localização de onde a foto foi tirada, permitindo a identificação precisa do local. Indicando endereço residencial, etc. Nos tabletes e alguns celulares também é possível manter em modo automático o check-in e tornar publico sua localização.

O anúncio do Shopov pode ser lido em: http://talkweb.eu/openweb/1819

O pesquisador de segurança indiano Prakash Suriya alertou recentemente que outro dado muito procurado nas redes sociais é o numero de telefone celular, em especial por agencias de telemarketing, estas conseguem cruzar os dados das redes sociais e telefones para identificar perfis que deverão receber SMS e ligações publicitárias.

O alerta de Suriya sobre os numeros de celulares vendidos para telemarketings foi noticiado em inglês no link: http://www.technewsdaily...

Prudência pode ser a palavra chave quando o assunto é a internet.
BlogdoJSilva. Tecnologia do Blogger.